Objetivo é garantir que a população siga as normas de segurança, como uso de máscaras, higienização e evitar aglomerações, para a retomada de parte das atividades econômicas no município

A prefeitura e órgãos de segurança como a Polícia Militar e o Corpo de Bombeiros farão a “Operação Faça Sua Parte” na próxima segunda-feira (01.06), dia em que será colocado em prática o plano de retomada gradual de atividades econômicas do município. O objetivo da ação é garantir que a população siga normas de segurança para a saúde das pessoas, como uso de máscaras, higienização e evitar aglomerações.

O prefeito participou de uma reunião virtual nesta sexta-feira (29.05) para definir detalhes do trabalho de fiscalização e orientação que será feito a partir da retomada de alguns setores da economia. A operação vai acontecer a partir de 9h com a participação dos órgãos de fiscalização do município – Posturas, Procon, Vigilância Sanitária, Meio Ambiente e Fazenda –, Guarda Civil, Defesa Civil, Polícia Militar e Bombeiros.

Ele ressaltou que esse início de retomada gradual do comércio e de serviços só é possível porque a cidade conseguiu controlar o nível de contágio por coronavírus e tem, até o momento, menos da metade dos leitos de UTI ocupados – dos 85 leitos, 36 estão sendo utilizados até esta sexta. Mesmo assim, o município continua ampliando essa quantidade de unidades de terapia intensiva em Petrópolis: já a partir de segunda, terá mais 25 leitos criados a partir da adaptação da UPA Cascatinha em UPA Vermelha e aguarda mais 34 no Hospital Nossa Senhora Aparecida, que devem entrar em operação ainda neste mês de junho, totalizando 144 leitos de UTI.

O prefeito destacou também que a manutenção da flexibilização das regras de funcionamento do comércio e de serviços só será possível com a participação efetiva dos petropolitanos, mantendo as medidas de prevenção, como o uso de máscara, higienização constante, evitar aglomerações e seguir com isolamento social se possível. Ele ressaltou que colaboração de cada pessoa será fundamental para determinar os próximos passos dentro do plano de retomada.

Na próxima segunda, serão retomadas as atividades de estacionamentos, papelarias, lavanderias, conserto de equipamentos eletrônicos, óticas, restaurantes às margens da BR-040, concessionárias e agências de veículos, consultórios, lojas de tecido e armarinhos, loja de autopeças e chaveiros. O plano de retomada das atividades, disponível no site da prefeitura (www.petropolis.rj.gov.br/coronavirus), traz todas medidas que devem ser adotadas por cada tipo de estabelecimento para a reabertura em segurança para funcionários e clientes. As equipes de fiscalização estarão na rua para orientar a população e coibir irregularidades.

Ação, que ocorreria até o próximo dia 05, foi estendida até 30 de junho. Segundo o Ministério, cobertura vacinal de alguns grupos não foi alcançada

O Ministério da Saúde decidiu prorrogar a Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza até o dia 30 de junho. A iniciativa é válida para as Unidades Federadas que ainda não atingiram a meta de vacinar ao menos 90% dos grupos prioritários. Segundo a Secretaria de Saúde, a vacinação contra influenza vai contribuir para a redução das complicações, internações e, consequentemente, da mortalidade decorrente das infecções pelo vírus da gripe, nos grupos-alvo definidos, em especial frente à situação que o país enfrenta com a pandemia de Coronavírus. A prorrogação do prazo para a vacinação é mais uma oportunidade para que as pessoas contempladas nos grupos prioritários possam receber a vacina influenza nos serviços de saúde.

O Ministério da Saúde recomenda que as doses existentes nos municípios devem continuar sendo destinadas aos grupos prioritários já elencados, como: pessoas de 60 anos e mais de idade, trabalhadores da saúde, profissionais das forças de segurança e salvamento, pessoas com doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos sob medidas socioeducativas, população privada de liberdade, funcionários do sistema prisional, caminhoneiros, motorista e cobrador de transporte coletivo, portuários, povos indígenas, crianças de 6 meses a menores de 6 anos de idade, pessoas com deficiência, gestantes, puérperas até 45 dias, adultos de 55 a 59 anos de idade e professores das escolas públicas e privadas.

Ainda de acordo com os números apresentados pelo Ministério, houve resultado satisfatório relativo ao grupo das pessoas com mais de 60 anos e profissionais de saúde, porém, o mesmo não aconteceu com os demais grupos. “Vamos manter a vacinação da campanha até o dia 30 de junho em todos os 40 postos de Petrópolis devido à determinação do Ministério da Saúde. Acredito que desta forma iremos aumentar a porcentagem de pessoas imunizadas e o alcance da vacinação”, explicou a Coordenadora da Divisão de Imunização do Município, Simone Sisnando.

A Companhia Petropolitana de Trânsito e Transporte (CPTrans) está com uma campanha de doação de sangue que pede a ajuda aos motoristas de táxis e aplicativos da cidade. O objetivo é abastecer os estoques do Banco Sangue do Santa Teresa, que atende as duas UPAs da cidade, o CTO, o Hospital Unimed e o próprio Hospital Santa Teresa, que é referência em atendimento de feridos de acidentes de trânsito.

A campanha consiste em trazer esses profissionais para praticar a ação e convidar amigos e parentes. Além disso, a campanha de doação de sangue está aberta para toda a população, que também pode participar. O banco de sangue, antes da pandemia, recebia em média 90 doadores por dia. Durante esse período de isolamento, o número de doadores diminuiu bastante.

Nenhum potencial doador precisa ter receio de praticar a boa ação. O Banco de Sangue fica em um local próprio, com acesso e atendimento exclusivo. Além desse protocolo, outras medidas de segurança foram tomadas como o agendamento de doadores para evitar as aglomerações, maior distanciamento das cadeiras na sala de espera e entre as camas de doações, assepsia completa de profissionais coletores, doadores, maquinário e toda área física com álcool gel em todas as etapas de doação e utilização de materiais estéreis e descartáveis.   

Um único doador pode ajudar até quatro pessoas com a bolsa de sangue. Isso porque o material colhido é separado e podem ser usadas plaquetas, hemácias, plasma e criopreciptado – cada um com uma função diferente. Como o tempo de armazenagem também varia (por exemplo, as plaquetas, usadas para coagulação, podem ser armazenadas por apenas cinco dias), é necessário que as doações sejam frequentes para atender toda a demanda.

Podem doar todas as pessoas entre 18 e 60 anos, em bom estado de saúde e que pesem mais de 50 quilos. Jovens de 16 a 17 anos também podem doar acompanhados dos responsáveis. Não é necessário fazer jejum, mas é importante não ingerir alimentos gordurosos três horas antes da doação. Também não se deve consumir bebidas alcoólicas 12 horas antes.

As únicas restrições são a diabéticos e pessoas que fizeram tatuagem ou colocaram piercing há menos de um ano. Pessoas que fizeram algum procedimento, como endoscopia só podem doar após seis meses da realização da intervenção. O banco de sangue funciona todos os dias, de 7h às 18h, na Rua Paulino Afonso, 477 – Bingen – ao lado do HST.

Fechamento das unidades durante a pandemia viola os direitos dos consumidores

O Procon/Petrópolis-RJ autuou e intimou hoje (29.05), para reabertura imediata, as unidades dos Correios dos distritos de Itaipava e da Posse, que interromperam o atendimento aos consumidores, em um momento de enfrentamento à pandemia da Covid-19. O serviço de postagens e entregas de encomendas é por lei essencial. O fato do Correios não entregar as correspondências e encomendas é falha na prestação de serviço. Além disso, o fechamento das agências provoca o deslocamento dos consumidores para outros bairros e até outros municípios, o que contraria as recomendações das autoridades médicas em saúde pública, no que diz respeitos às medidas de prevenção contra o novo Coronavírus.

Moradores de localidades como Juriti e Brejal relataram ao órgão de defesa do consumidor que não recebem suas cartas em casa (somente Sedex) e que as correspondências são resgatadas na agência da Posse e que agora sequer sabem onde buscar as correspondências e encomendas. Na porta da unidade, a informação de que os consumidores devem buscar o atendimento na unidade do município de Areal. Esta é a unidade mais próxima do distrito da Posse, já que a agência localizada no distrito de Itaipava ou no bairro de Correas, também estão fechadas, o que desrespeita o Código de Defesa do Consumidor – CDC em seus artigos 6º, 14º, 39º pela falha na prestação dos serviços e ainda por descumprirem decreto municipal e orientações da Organização Mundial da Saúde – OMS e Ministério da Saúde quanto aglomeração.

Os Correios, que já foram multados pelo Procon/Petrópolis-RJ em mais de meio milhão de reais (R$ 526 mil) por problemas na entrega de encomendas na Central de Distribuição da Mosela, pode voltar a ser multados pelo fechamento das agências de Correas, Itaipava e Posse.

Sirenes móveis reforçam a importância do isolamento social nos bairros

O município segue pedindo aos petropolitanos que permaneçam em casa. Nesta sexta-feira (29.05), a operação Alerta Coronavírus da Defesa Civil foi realizada nas ruas Joaquim Gomensoro, Getúlio Vargas, Lopes de Castro, Dr. Thouzet e nas comunidades Oswaldo Cruz e Gulf. Com o apoio de dois veículos operacionais equipados com as sirenes móveis, os agentes reforçam a importância do isolamento social e pedem que a população use máscaras. 

Nesta semana, os agentes passaram ainda pelo Centro de Araras, Poço dos Peixes, Estrada do Mata Cavalo, na rua Maria Oliveira, Vista Alegre, Fazenda Inglesa na Rua Condessa Barbosa (Comunidade do Frias, em Corrêas), Calembe e Águas Lindas (Nogueira), no Amazonas, Duarte da Silveira, João Xavier, Florido, João Ventura Torres, Fragoso, Boa Vista, Veridiano Félix e Jardim Salvador.

Na semana passada, a operação foi realizada nas ruas do Bataillard, Pedras Brancas, Mosela, Bingen, Bairro Castrioto, Bairro da Glória, Siméria, Amazonas, Dr. Thouzet, Castelânea, Centro, Morin, Chácara Flora, Sargento Boening, Bela Vista, Loteamento Samambaia, Humberto Rovigatti, Praça da Igreja Matriz de Cascatinha e Alcobacinha.

O trabalho dos agentes pelos bairros reforça o trabalho realizado pelas sirenes fixas. Diariamente, os 20 conjuntos do Sistema de Alerta e Alarme de Petrópolis são usados pela prefeitura para pedir que a população evite sair de casa. As sirenes fixas tocam às 10, 16 e 20h. Os bairros são: Gentio, Buraco do Sapo, 24 de Maio, Alto da Serra, Bingen, Dr. Thouzet, Independência, Quitandinha, São Sebastião, Sargento Boening, Siméria e Vila Felipe.

Kits chegaram na última segunda-feira na Central de Epidemiologia

Material será distribuído a pontos de atendimento específicos do município

Petrópolis recebeu mais 2.480 kits de testes rápidos esta semana. O material vai ajudar a Secretaria de Saúde na testagem de pacientes com suspeita de contaminação pelo Coronavírus e mostrar um panorama mais real a respeito dos índices de contaminação da doença na cidade. Os testes, enviados pelo Estado, são direcionados aos profissionais de saúde e segurança que estejam em atividade, seus familiares, em caso de suspeita de contaminação, e pessoas acima de 60 anos. Para este segmento, os exames vêm sendo feitos no Centro de Saúde após o encaminhamento por parte da Saúde do Trabalhador. O restante da população vem sendo testada com os kits adquiridos pela prefeitura, em caso de sintomas compatíveis com a doença nos pontos de apoio do Centro e Itaipava.

Segundo o prefeito, a nova remessa de testes enviada pelo Estado vai colaborar com o mapeamento da disseminação da doença na cidade. Até o momento, Petrópolis se mantém abaixo do índice de segurança sugerido pelo Estado, de 80%, relativo à quantidade de leitos de UTI já ocupados nas unidades de saúde do município. De acordo com a última atualização, realizada pela Secretaria de Saúde na tarde desta quinta-feira (28/05), a cidade tem uma ocupação de 40% de leitos de Unidades de Tratamento Intensivo (UTI) e 45.4% relativos aos leitos clínicos, ambos da Rede SUS.

A prefeitura informou, ainda, que mantém a atenção na taxa de incidência da doença na cidade, atualmente em 171 contaminados para cada 100 mil habitantes e que, caso haja crescimento demasiado das curvas de contaminação, vai precisar rever todos os planos de flexibilização nos setores do município. O Estado ainda deve liberar mais remessas dos testes rápidos para a cidade, mas não fez previsões sobre data e quantidades.

Atendimento será disponibilizado nas 15 salas de vacinação do município. Meninos e meninas de 11 e 12 anos devem ser imunizados

Petrópolis vai dar início à vacinação de adolescentes de 11 e 12 anos de idade a partir da próxima semana. A vacina ACWY, que substitui a imunização contra a Meningite C, será distribuída para todos os 15 postos de vacinação da cidade na próxima segunda-feira (01/06) e deve começar a ser aplicada já nesta terça-feira (02/06). A vacina age contra os quatro sorotipos da doença e espera receber uma grande demanda de público já na próxima semana.

Segundo a Coordenadora da Divisão de Imunização do Município, Simone Sisnando, a vacinação é fundamental para baixar os índices de contaminação pela doença.

“É a proteção contra os quatro tipos de uma doença extremamente perigosa, a Meningite. A enfermidade é gravíssima, tem alta letalidade e costuma deixar sequelas pelo resto da vida em muitos casos”, explicou.

A coordenadora afirmou, ainda, que os pais ou responsáveis devem levar as cadernetas de vacinação para atualização das vacinas. “Muito bom que todos tenham seu quadro de vacinação em dia. Esta é a melhor forma de se manter saudável e imune contra doenças perigosas, como a Meningite. Ficamos muito felizes com a nova vacina e em poder oferecer mais essa segurança à população”, finalizou.

Salas de vacinação contra a Meningite (ACWY) na cidade:

1 – Centro de Saúde                                  11 – UBS Mosela

2 – UBS Morin                                            12 – UBS Itaipava

3 – PSF Alto da Serra                                 13 – UBS Pedro do Rio

4 – PSF São Sebastião                               14 – UBS Araras

5 – UBS Alto Independência                       15 – PSF Posse

6 – UBS Quitandinha

7 – Ambulatório Escola

8 – UBS Itamarati

9 – Hospital Alcides Carneiro

10 – UBS Retiro

A agência do bairro Corrêas tem encaminhado consumidores para buscar o atendimento em outros bairros.

O Procon/Petrópolis-RJ autuou e intimou os Correios a reabrir a agência de Corrêas. O órgão de defesa do consumidor, em fiscalização, identificou o problema. Além de não prestar o serviço essencial na unidade, no momento de enfrentamento à pandemia da Covid-19, na agência um aviso direciona os consumidores a buscar atendimento em outro município, contrariando as recomendações de saúde pública no que diz respeito a evitar a circulação e propagação do novo Coronavírus.

Sem estabelecer prazo para reabertura e justificando o fechamento como “medida provisória”, um aviso aos consumidores na porta da unidade dos Correios da Rua Doutor Agostinho Goulão pede para que os consumidores busquem atendimento nas unidades de Itaipava e do município de Areal. 

A unidade foi intimada a retomar o serviço imediatamente, além de ter sido autuada. O descumprimento da medida pode resultar em novas autuações e as autuações podem gerar multa. Além disso, o Procon apura também o fechamento da unidade dos Correios do distrito da Posse, que também poderá ser autuada e intimada à reabertura imediata, caso se confirmem as denúncias dos consumidores.

Sirenes móveis reforçam a importância do isolamento social

A Secretaria de Defesa Civil e Ações Voluntárias realizou a operação Alerta Coronavírus no Fazenda Inglesa e em Araras nesta quarta-feira (27.05). Com o apoio de dois veículos operacionais, equipados com as sirenes móveis, as equipes reforçam a importância do isolamento social e pedem que a população use máscaras.  A ação reforça o trabalho de prevenção realizado pela prefeitura contra o coronavírus.

Os agentes passaram pelo Centro de Araras, Poço dos Peixes, Estrada do Mata Cavalo, na rua Maria Oliveira, Vista Alegre e Fazenda Inglesa com os veículos. Ontem (26), os veículos estiveram na Rua Condessa Barbosa (Comunidade do Frias, em Corrêas), Calembe e Águas Lindas (Nogueira). Na segunda (25), a operação foi realizada no Amazonas, Duarte da Silveira, João Xavier, Florido, João Ventura Torres, Fragoso, Boa Vista, Veridiano Félix e Jardim Salvador.

Na semana passada, as viaturas estiveram pelas ruas do Bataillard, Pedras Brancas, Mosela, Bingen, Bairro Castrioto, Bairro da Glória, Siméria, Amazonas, Dr. Thouzet, Castelânea, Centro, Morin, Chácara Flora, Sargento Boening, Bela Vista, Loteamento Samambaia, Humberto Rovigatti, Praça da Igreja Matriz de Cascatinha e Alcobacinha.

O trabalho dos agentes pelos bairros reforça o trabalho realizado pelas sirenes fixas. Diariamente, os 20 conjuntos do Sistema de Alerta e Alarme de Petrópolis são usados pela prefeitura para pedir que a população evite sair de casa. As sirenes fixas tocam às 10, 16 e 20h. Os bairros são: Gentio, Buraco do Sapo, 24 de Maio, Alto da Serra, Bingen, Dr. Thouzet, Independência, Quitandinha, São Sebastião, Sargento Boening, Siméria e Vila Felipe.

Alteração de protocolo prevê testagem em todos os pacientes que apresentem sintomas compatíveis com a doença há mais de sete dias

A vistoria foi realizada na manhã desta quarta-feira (27/05) pelo prefeito e pela secretária de Saúde do município. Segundo alteração do protocolo, a partir de hoje, todos os pacientes que derem entrada nos pontos de apoio, no Centro e Itaipava, com quadro clínico de COVID-19 acenado pelas equipes médicas, farão testagem rápida no próprio local. Até o momento, apenas classes segmentadas vinham sendo testadas, como pessoas a partir de 60 anos, agentes de saúde e segurança em atividade e seus familiares. Com a implementação de um novo segmento, a prefeitura estima um melhor acompanhamento dos casos de coronavírus na cidade.

Na visita ao ponto de apoio, a secretária de saúde do município, Fabíola Heck, deixou claro, mais uma vez, quais critérios serão adotados diante da alteração do protocolo. Segundo a secretária, nem todas as pessoas deverão ser testadas devido à ausência de sintomas preestabelecidos na própria nota técnica relativa à pandemia no município.

Apenas os pacientes que fecharem diagnóstico completo para a doença poderão ser testados. Os médicos são os responsáveis por esse processo nos próprios pontos de apoio. Lembro, novamente, que, além dos sintomas clássicos da enfermidade, só serão testados pacientes cujos sintomas tenham se iniciado há, pelo menos, sete dias. Essa determinação não é nossa, mas sim do próprio fabricante dos kits. O manual de uso deixa claro que o teste não é capaz de detectar a doença antes deste prazo. 

Segundo a SMS, a implantação do novo perfil de pacientes, descrito na nota técnica, se dá em virtude do aumento do número de casos e da necessidade da secretaria em estabelecer o perfil de propagação do coronavírus no município.

Pagina 1 de 1479

Banner INFOS ATUAIS2

Notícias por data

« Junho 2020 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
1 2 3 4 5 6 7
8 9 10 11 12 13 14
15 16 17 18 19 20 21
22 23 24 25 26 27 28
29 30          

Prestação de conta COVID-19

Alvará Online - BANNER

Casa dos Conselhos

DO

Cadastro da inscrição do IPTU para crédito da Nota Imperial

turispetro

iluminacao

balcao empregos

plano compras

portal transparencia

licitacao

Concursos

Casa dos Conselhos

ecidade

jrestaurativa

gabinete cidadania.fw

cpge

EOUVmunicipios

selo acesso_informacao.fw

Relatorio CMVP

cmv-logo