Última semana para negociar descontos de juros e multas ou parcelamentos

Atendimento no clube Petropolitano segue até dia 30 

Criado com o objetivo de resgatar parte dos R$ 639 milhões em impostos municipais que deixaram de ser pagos há mais de 10 anos, o programa de regularização tributária Fique em Dia - que oferece condições especiais de pagamento a contribuintes que tem débitos de IPTU, ISS, taxas, entre outros tributos municipais, entra em sua reta final neste sábado (23.09). Nas primeiras duas semanas de campanha, 4.934 contribuintes passaram pelo atendimento no clube Petropolitano e destes, 3.775 fecharam acordo e regularizaram suas pendências junto ao município. O atendimento acontece no clube Petropolitano, todos os dias, de 9h às 16h – inclusive aos sábados e domingos.

O Fique em Dia oferece uma grade de opções de negociação, que permite àquela pessoa que por algum motivo precisou atrasar seu imposto, encontrar a melhor forma, aquela que cabe dentro do seu orçamento, para regularizar a sua situação. O programa, que teve início no dia 8 termina no próximo sábado (30.09).

O Fique em Dia permite o pagamento de tributos municipais vencidos até dezembro de 2016 em cota única com redução de 100% de juros e multa, aplicando-se somente a atualização monetária sobre o débito originário, ou ainda a redução progressiva de juros e multas, possibilitando desconto de 70% de juros e multa para débitos parcelados em até seis vezes, e 60% para quitação de débitos parcelados em 12 vezes. O programa prevê ainda a possibilidade de parcelamento da dívida em até 60 vezes – cinco anos, desde que o valor mínimo de cada parcela seja de R$ 50, para pessoa física e R$ 100, para pessoa jurídica.

A estrutura para atendimento no Petropolitano conta com 36 guichês e equipes treinadas para o atendimento individualizado, para analisar caso a caso, oferecendo todas as opções aos contribuintes. Durante todo o trabalho equipes da Defensoria Pública e um juiz da 4ª Vara Cível estão à disposição, para garantir os direitos dos contribuintes.

O procurador Geral do município, Sebastião Medici lembra que ao fim da campanha de regularização tributária, a prefeitura dará início à execução fiscal das dívidas. “É importante que os contribuintes em débito aproveitem a campanha para negociar e regularizar a situação, pois a execução das dívidas pode levar à inclusão do nome do devedor nos serviços de restrição ao crédito (SPC e Serasa) e ocasionar até mesmo a perda do imóvel”, diz Medici, lembrando que a maior rigidez na cobrança junto aos contribuintes devedores é uma orientação do Tribunal de Contas do Estado do Rio de Janeiro.

Um levantamento feito pela Procuradoria Geral identificou a existência de 102.660 processos de execução fiscal somente entre 2008 e 2015. O levantamento apontou a existência de pelo menos 33 mil contribuintes devedores, considerando somente aqueles com IPTU em atraso.

O programa de regularização tributária Fique em Dia é realizado pela prefeitura em parceria com o Poder Judiciário (Tribunal de Justiça e 4ª Vara Civel) e com a Defensoria Pública e tem o apoio da OAB-Petrópolis.

Responsável pelo terreno não estava no local na hora da ação e precisa apresentar a autorização em cinco dias 

O setor de fiscalização da Secretaria de Meio Ambiente notificou nesta sexta-feira (22.09) o dono de um terreno em Itaipava pelo corte em duas árvores. No momento da ação, o responsável não estava no local e caso não apresente em cinco dias a documentação que permita a ação, ele será multado. Além disso, os fiscais notificaram os proprietários de duas oficinas mecânicas em Corrêas que não tinham os documentos necessários para o funcionamento.

“É fundamental conscientizar a população de que o corte de qualquer árvore depende de autorização ambiental especificando o que será feito. Caso o responsável não apresente a documentação que permita a atividade, ele será multado. Nossa preocupação também foi garantir que outras árvores não seriam cortadas no mesmo terreno”, disse Miguel Fausto, chefe do setor de fiscalização da Secretaria de Meio Ambiente.

Em Corrêas, duas oficinas mecânicas funcionavam sem o alvará de localização e sem a licença ambiental que permite a atividade. Os proprietários receberam uma notificação para que providenciem os documentos em um prazo de 90 dias, caso contrário, eles podem ser multados e ter os estabelecimentos interditados.

“São oficinas que não possuem autorização da municipalidade para exercerem a atividade, não havia sistema de drenagem de águas contaminadas, caixa separadora de água e óleo, por exemplo. É importante ressaltar que o funcionamento, a instalação e a operação de empreendimentos e atividades consideradas efetiva ou potencialmente poluidoras dependem de prévia autorização da prefeitura”, explica Miguel, afirmando ainda que o setor busca coibir os crimes ambientais do município.

“Buscamos garantir o direito ao meio ambiente ecologicamente equilibrado, como um direito fundamental a ser respeitado, como determina a Constituição Federal", completa.

Livros serão entregues para todas as escolas e Centros de Educação Infantil

A história do homem que foi testemunha e protagonista de uma das maiores e mais profundas transformações da história humana, a eclosão e expansão mundial do capitalismo: Irineu Evangelista de Souza, o Visconde de Mauá. Esse é o enredo do título “Estrada de Ferro Mauá: nos trilhos da História”. Duzentos exemplares foram doados para a rede municipal de Educação através do projeto "Estrada de Ferro Mauá: 16 Décadas" realizado pela Oroboro Serviços e Projetos Culturais. Os livros foram entregues nessa sexta-feira (22.09) na Casa da Educação Visconde de Mauá.

“Estrada de Ferro Mauá: nos trilhos da história”, nasceu das mãos do historiador Almir C. El-Kareh e da jornalista Eliane Salles. A obra foi idealizada pelo Sindicato dos Trabalhadores em Empresas Ferroviárias da Zona Central do Brasil e aprovada na Lei de Incentivos Culturais do Ministério da Cultura. No decorrer das páginas é apresentada a história da Estrada de Ferro Mauá caracterizada, em seu início, por ser o primeiro meio de transporte brasileiro baseado em um sistema trimodal: barcas do Rio a Magé, de trem de Magé a Raiz da Serra e de carruagens de Raiz da Serra a Petrópolis. Depois, com a construção da Estrada de Ferro Grão Pará, de Raiz da Serra a Petrópolis, com o trem vindo direto do Rio de Janeiro.

O título tem como objetivo reviver a saga escrita pelo então, Sr. Irineu Evangelista de Souza - posteriormente condecorado com o título de Barão de Mauá – após, Visconde - que investiu dinheiro e esforços em sua construção. Um feito que envolve, pela primeira vez no Brasil, o desenvolvimento de um gigantesco aparato tecnológico. Produzido pela Oroboro Serviços e Projetos Culturais, o livro conta com versão digital, disponível no site ‘www.dominiopublico.gov.br’.

“Irineu Evangelista é um dos homens mais importantes da nossa história, um exemplo que deve ser intensamente trabalhado na educação. Ele teve sonhos, correu atrás dos ideais e mostrou que tudo é possível. Como historiadora, reafirmo que a nossa cultura é muito rica. Nessa cidade respiramos cultura e receber esse livro é presente de um valor enorme para a toda a rede municipal”, disse Márcia Palma, subsecretária de Educação.

Os livros foram entregues por Nádia Medella, produtora cultural responsável pela produção do livro e pela doação para a rede municipal de Petrópolis. “É um prazer estar aqui, nessa Casa tão importante para o Visconde de Mauá. Ele que foi um dos homens mais importantes do século XIX. Um homem que sonhou e realizou. Um exemplo de protagonismo para os nossos jovens, por isso é tão importante que os estudantes tenham acesso a história dele. Espero que os professores e alunos utilizem muito esse livro”, afirma.

A ação da Oroboro Serviços e Projetos Culturais tem como objetivo comemorar as 16 décadas de existência da primeira ferrovia do Brasil, objetivando resgatar a memória e relevância do patrimônio nacional. “Temos que valorizar as pessoas que fazem parte da história da nossa cidade. É um prazer imenso receber esses 200 livros na Casa da Educação. Agora eles serão distribuídos na rede municipal”, explicou Catarina Maul, diretora da Casa da Educação Visconde de Mauá.

“É um livro tão interessante que despertou a minha atenção e eu já quero ler. O mais importante é que conta a história do Visconde de Mauá, um homem que serve de exemplo, faz parte da história da nossa cidade e deve ser mais valorizado. Um desbravador do seu tempo que contribuiu para o nosso progresso econômico e social”, disse Leonara Rocha, orientadora da E.M Jamil Sabrá.

Sobre os autores

Almir Chaiban El-Kareh, nascido em Niterói/RJ, realizou seus estudos de graduação (1965) e mestrado em história (1974) na UFF, e de doutorado (1982) e pós-doutorado (1995) em história. Foi professor do Departamento de História da UFF (1966- 1996) e da Uerj (1997-2003), professor-pesquisador do Centre de Recherches Historiques da EHESS (2008) e do programa Erasmus Mundus na EHESS (2009). Publicou diversos artigos e capítulos de livros no Brasil e no exterior, e os livros Filha branca de mãe preta: a Cia. da E. F. D. Pedro II (1982) e A vitória da feijoada (2012).

Eliane Salles é jornalista, redatora, especialista em comunicação institucional e gestão de conteúdo. Lançou o livro de crônicas “Confesso que ouvi” em 2016, e foi coautora do livro Vivendo à flor da pele (Matrix, 2016).

Garantir a participação dos pais e responsáveis nas atividades e acompanhamentos que são realizados no Centro de Referência em Educação Inclusiva – CREI. Com esse objetivo, a direção do CREI organizou nessa sexta-feira (22.09) um encontro do projeto “Tecendo Vivências”.

O encontro contou com a participação de cerca de 20 responsáveis. Na ocasião, eles participaram de oficinas de música, capoeira, psicopedagogia, artes e reciclagem. No fim do evento, eles costuraram uma colcha de retalhos com palavras que representam o trabalho que é desenvolvido no CREI: união, harmonia, amizade e diálogo.

 No CREI os alunos participam de oficinas no contraturno escolar. A equipe é formada por profissionais capacitados que atendem o público alvo com muito carinho. Esse projeto garante aos pais a oportunidade de conversar, tirar dúvidas e trocar informações. Esse contato é muito importante para as famílias.

 Responsável pela oficina de psicopedagogia e também pelo projeto Tecendo Vivências, Rosilene Ribeiro conta que os pais adoraram as atividades. “Eles puderam conhecer melhor o trabalho que é realizado no CREI, vivenciando as atividades junto com os filhos. Essa iniciativa fortalece os laços entre a instituição e a família”.

Outros encontros serão realizados. “A intenção é a de promover a aproximação entre as famílias e o CREI oportunizando espaço de reflexão e conscientização sobre a importância da participação dos responsáveis no processo de desenvolvimento e aprendizagem dos estudantes, sem perder de vista a própria identidade como sujeito de desejos e expectativas de vida”, afirma a diretora do CREI, Vanessa Siqueira.

O projeto foi bem recebido pelos pais. “Foi muito interessante esse encontro. Gostei de todas as atividades e minha filha também”, contou Alaíde Machado, mãe da aluna Vívian.

No Centro de Referência em Educação Inclusiva João Pedro de Souza Rosa, no contraturno, de atividades extracurriculares, os alunos da rede municipal de Educação têm atividades como dança, teatro, música, capoeira, esporte adaptado gastronomia e informática. O local funciona também como centro permanente de capacitação dos professores para a educação inclusiva. O CREI atende 250 alunos.

Estande será montado no Palácio de Cristal e vai funcionar durante o Serra Serata 

Em mais um grande evento do calendário da cidade, a Comdep vai aproveitar para trazer informações sobre a reciclagem de resíduos. Durante os seis dias do Serra Serata, a Festa Italiana de Petrópolis, a empresa vai manter um estande no Palácio de Cristal expondo materiais feitos a partir do reaproveitamento de materiais e dando informações sobre coleta seletiva.

O trabalho que será desenvolvido a partir de terça (26.09) até o fim do evento, no domingo (01.10), é similar ao que aconteceu durante a Expo Petrópolis, em abril; a Bauernfest, em junho; e o Bunka-sai, em agosto.

“Esses eventos atraem um grande número de pessoas e é uma ótima oportunidade para espalhar essas informações que são tão importantes. Nós podemos contribuir muito com o planeta e também com o município, fazendo a coleta seletiva, por exemplo”, ressalta o presidente da Comdep, Wagner Silva.

No penúltimo dia da festa, a barraca terá uma oficina sobre reaproveitamento de alimentos, com foco na gastronomia italiana. Durante todos os dias, o estande terá exposição de diversas obras de artesanato feitos com materiais que qualquer pessoa está em casa, como latas de alimentos, garrafas pet e de vidro, embalagens de plástico, entre outros. O local ainda vai abrigar cartazes explicando o tempo de decomposição de diferentes tipos de materiais, além de dicas sobre como ter um estilo de consumo mais sustentável e como fazer a coleta seletiva.

“A gente vai mostrar a importância da coleta seletiva e da reciclagem, com orientação e demonstração do que é possível fazer com os materiais. Teremos os funcionários que trabalham no Centro de Reciclagem de Cascatinha, no Ecoponto da Mosela e da Comdep se revezando para conversar com o público e incentiva-los a participar da coleta seletiva”, explica a coordenadora de educação ambiental da Comdep, professora Jussara Gatto Justen.

Atualmente, são recolhidas cerca de 25 toneladas de resíduos recicláveis por semana no município. A Comdep faz a coleta fixa em seis bairros: Bingen, Mosela, Valparaíso, Morin, Alto da Serra e Castrioto. Em Petrópolis, qualquer pessoa pode se cadastrar para reduzir a conta de luz com a coleta seletiva. Basta levar o lixo reciclável ao Ecoponto da Mosela, onde é feito o cálculo do tamanho do desconto que virá na próxima fatura da Enel. É possível abater o valor da energia entregando vidro, papel, papelão, alumínio, ferro, garrafa pet, plástico, caixinha de leite e óleo vegetal – o desconto será de acordo com o peso dos materiais.

A Comdep está fazendo a preparação do Palácio de Cristal para a festa. São 15 barracas, que estão montadas pela equipe de obras da empresa. Mais de 20 funcionários foram mobilizados para o serviço. Elas estão sendo pintadas nas cores verde, branca e vermelha, presentes na bandeira da Itália, e ainda serão instalados assoalhos e lonas para proteger as barracas.

Petrópolis tem mais de 115 mil descendentes italianos. Durante a Serra Serata, os cantores Mafalda Minnozzi e Agnaldo Rayol vão se apresentar para o público. A festa ainda terá teatro, contação de histórias, baile de máscaras e outras atrações na programação.

Material será doado para a Creche Santo Antônio em Nogueira que atende 130 crianças do município 

Em 12 dias a Secretaria de Defesa Civil e Ações Voluntárias recebeu a doação de 46 pacotes, totalizando 1.360 fraldas infantis que serão destinadas à Creche Santo Antônio, da Paróquia de Santo Antônio e Santo Agostinho em Nogueira. A instituição atende 130 crianças carentes do município. A sede da Defesa Civil, na Rua Buarque Macedo, 128, no Centro, funciona como ponto de recolhimento. O encerramento da campanha acontece durante o I Colóquio de Defesa Civil, que acontece em Petrópolis nos dias 9, 10 e 11 de outubro na Faculdade Arthur Sá Earp Neto (FMP/Fase).

Outro objetivo da campanha é homenagear Padre Jac, que faleceu em julho deste ano, quando atuava na paróquia de Nogueira. “Tenho certeza que ele está muito feliz com mais essa campanha. Ele é um ícone para todos nós que trabalhamos pela causa humanitária. Apesar da crise, o empresariado petropolitano tem colaborado com nossas ações voluntarias, mostrando que o povo brasileiro segue sendo muito solidário, sempre pensando também no próximo”, afirma o secretário de Defesa Civil, coronel Paulo Renato Vaz.

Desde janeiro, a Secretaria de Defesa Civil e Ações Voluntárias realizou a campanha de recolhimento de agasalhos, quando distribuiu 2.300 peças para instituições carentes do município; arrecadou chocolates, colaborando com a Páscoa da Sociedade Pestalozzi; distribuiu rosas em todos os lares de idosos da cidade no Dia das Mães e organizou a doação dos agentes no Banco de Sangue do Hospital Santa Teresa no Dia Mundial do Doador de Sangue. “Uma das vertentes mais importantes da Defesa Civil é a ajuda humanitária. Acredito que vamos sensibilizar mais uma vez a população e o empresariado petropolitano com mais essa campanha”, comenta o secretário.

Inscrições abertas para o I Colóquio de Defesa Civil 

Estão abertas as inscrições para o I Colóquio de Defesa Civil. Os interessados podem fazer o cadastro na área de cursos de extensão do site da FMP/Fase. O ingresso será um pacote de fralda infantil, que pode ser nos tamanhos M, G ou XG, para a campanha do órgão municipal. O Colóquio vai discutir o tema “A Defesa Civil e os saberes: experiências e desafios” em três eixos: comunitário, profissional e científico. Serão oferecidas palestras e debates abertos com os participantes sobre diversos assuntos relacionados a Defesa Civil. O objetivo é discutir o tema com a comunidade científica, mas também com os profissionais da área e com a população. As datas foram escolhidas por ocasião da semana em que se comemora o Dia Mundial de Redução do Risco de Desastres, no dia 13 de outubro.

Oportunidade para alunos da rede municipal

Ensaios ocorrem na Casa da Educação Visconde de Mauá

O Coral das Princesas de Petrópolis, sob a regência do maestro Rodrigo d’Ávila, está com dez vagas disponíveis para ingresso imediato, além de 20 vagas para o curso preparatório para o Coral das Princesas. Podem se inscrever alunos de todas as redes de ensino. Os ensaios são semanais e ocorrem na Casa da Educação Visconde de Mauá.

As vagas para o coral são direcionadas para meninas entre 10 e 16 anos e é necessário ter experiência em canto coral anterior, noção de solfejo e impostação de voz. As candidatas passarão por uma avaliação. Atualmente o Coral conta com 32 meninas com idades entre oito e 18 anos. Os ensaios ocorrem às terças e quintas de 13h às 14h.

Quem quiser fazer parte do preparatório, deve em entrar em contato com a secretaria da Casa de Educação e preencher uma ficha cadastral. Podem participar meninas de oito até 15 anos. Segundo o maestro, não é necessário experiência, já que as alunas aprendem nas aulas teoria musical, técnica vocal, solfejo e prática de conjunto. Atualmente, 30 meninas estão no preparatório e ingressam ainda nesse ano no coral.

De acordo com o maestro Rodrigo d’Ávila, A música tem sido universalmente reconhecida como fato crucial para uma educação de qualidade. “Canto Coral como atividade básica na educação musical é uma atividade que disciplina e socializa tendo como característica principal a união”, afirma. Além disso, a atividade promove flexibilidade dos órgãos de fonação, desenvolvimento do raciocínio, aperfeiçoamento do sentido auditivo e fortalece a convivência em grupo.

O Coral das Princesas de Petrópolis passou a ensaiar nesse ano na Casa da Educação. “Uma honra ver esse Coral maravilhoso, patrimônio cultural de máxima grandeza, em ascensão. Estamos super felizes por dar esse apoio de logística e conquistar essa proximidade para as meninas da Rede Municipal de Ensino. É uma oportunidade incalculável para nossas crianças e jovens”, diz a diretora da Casa da Educação, Catarina Maul. 

Bairro recebeu capina e remoção de entulho da Comdep e tapa-buraco da Secretaria de Obras nesta sexta-feira (22.09) 

Os moradores do Independência vão receber diversos serviços durante a Ação Social que será promovida pela prefeitura neste sábado (23.09). A mobilização de secretarias municipais, concessionárias que atendem a cidade, órgãos estaduais e voluntários será realizada na Escola Municipal Alto Independência a partir de 9h.

O bairro tem mais de 38 mil moradores e a ação vai levar os serviços para mais perto da população. A Ação Social foi organizada pela Secretaria de Assistência Social, que mobilizou os parceiros para estarem juntos neste sábado.

“Toda a prefeitura está envolvida, apresentando seus programas. O Independência é enorme e, por isso, foi escolhido pelo prefeito Bernardo Rossi para receber a primeira edição. Temos certeza de que será trabalho muito bom e depois poderemos levar todos esses parceiros para outros bairros”, afirmou a secretária de Assistência Social, Denise Quintella.

Na véspera da ação, o presidente da Associação de Moradores do Independência fez questão de divulgar pessoalmente aos vizinhos para que eles aproveitem uma oportunidade rara como essa.

“O nosso bairro nunca teve uma ação como essa, nunca vimos nada igual. Será muito bom e com certeza os moradores vão aderir porque estão sendo oferecidos serviços que muitas vezes temos muita dificuldade em conseguir ou não temos tempo de correr atrás. E o melhor, é tudo gratuito”, destacou o presidente da Associação, Marcelino Fernandes.

A Secretaria de Assistência Social vai explicar sobre como aderir ao Cadastro Único (CadÚnico), porta de entrada para ter acesso a programas socioassistenciais e vai divulgar campanhas desenvolvidas pela pasta, como a “Faça a diferença #conscientizAÇÃO”, que tem o objetivo divulgar canais para a população denunciar anonimamente casos de violência sexual contra crianças e adolescentes.

A Secretaria de Saúde vai oferecer aos participantes medição de glicemia, aferição de pressão, testes para detecção de doenças sexualmente transmissíveis (DST), entre outros serviços.

O Departamento de Trabalho e Renda (Detra) da Secretaria de Desenvolvimento Econômico vai receber currículos para o Balcão de Emprego e fazer emissão de carteira de trabalho. A Secretaria de Fazenda fará orientação sobre isenção de IPTU para idosos, sobre a regularização de débitos dento do programa “Fique em Dia” e dará informações para que deseja se tornar microempreendedor individual (MEI).

O Centro de Referência em Atendimento à Mulher (Cram) vai levar o Ônibus Lilás para receber e orientar o público feminino sobre os direitos das mulheres. O Procon oferecerá assistência para consumidores.

A Enel vai mostrar como obter tarifa social de energia e como conseguir desconto na conta de luz através da coleta seletiva junto com a Comdep. A entidade Seja Digital estará agendamento para retirada dos kits de conversão para a TV digital. A Fundação Leão XIII vai emitir gratuitamente segunda via identidade e de certidões de casamento, nascimento e óbito. O Detran fará emissão de documento de identidade.

A lista completa de serviços que serão oferecidos está abaixo. Para alguns deles, é necessário apresentar documento de identidade, CPF e comprovante de residência. Para os serviços oferecidos pela Fundação Leão XIII, é necessário apresentar certidão de casamento ou nascimento e levar foto 3x4. 

Comdep e Secretaria de Obras fazem mobilização no bairro 

Nesta sexta (22.09), Comdep e Secretaria de Obras promoveram melhorias no local. O bairro teve limpeza, com varrição de rua, capina e roçada, retirada de lixo e entulho. A Comdep mobilizou cerca de 40 funcionários durante o dia de trabalho no local. Já a Secretaria de Obras enviou um caminhão com 15 toneladas de asfalto para tapar buracos na via principal e trechos de outras ruas. Essa quantidade é suficiente para cobrir cerca de 120 m² de buracos.

“A gente tem visto as ruas sendo mais bem cuidadas, com o lixo coletado regularmente. É bom que o nosso bairro esteja tendo atenção e o serviços estejam acontecendo na nossa porta”, disse a aposentada Márcia Grijó, que mora no bairro. 

Ação Social no Independência

Secretaria de Assistência Social: CadÚnico, ID Jovem, Orientação sobre programas e benefícios sócio assistenciais, campanha “FAÇA A DIFERENÇA #conscientizAÇÃO”, Ficha de avaliação nutricional.

Secretaria de Meio Ambiente: Bem-estar animal e Educação ambiental.

Secretaria de Defesa Civil e Ações Voluntarias: Campanha #queimadanao, Plano Verão, Sistema de alerta e prevenção.

Secretaria de Educação: Orientação sobre as escolas da rede, Cardápio das escolas, Disque-merenda, Projetos culturais e pedagógicos. 

Secretaria de Desenvolvimento Econômico (Departamento de Trabalho e Renda): Currículo para o Balcão de Empregos, Emissão de carteira de trabalho.

Secretaria de Fazenda: Informações para ser microempreendedor individual, Isenção de IPTU (idosos), Lançamento de IPTU, Fique em dia – regularize seus débitos (orientação).

Secretaria de Saúde: Glicemia, Aferição de pressão, Testes de DST, Planejamento familiar, Programa da Mulher (pré-natal, pós-parto, amamentação, exames preventivos).

Instituto Municipal de Cultura e Esportes (Superintendência de Esporte e Lazer): Orientação sobre os projetos de esportes da comunidade.

CPTrans: Orientação sobre Riocard e cartão de estacionamento para o idoso, Campanha “Por um trânsito melhor”.

Turispetro: Petrópolis para os petropolitanos.

Procon: Defesa do Consumidor.

Centro de Referência em Atendimento à Mulher: Ônibus Lilás para atendimento e orientação sobre violência contra mulheres

Comdep: Reciclagem, Disque-entulho e Descarte correto do lixo.

Águas do Imperador: Negociação de débitos, solicitação de serviços, novas ligações, segunda via de conta e troca de titularidade.

Enel: Tarifa social de energia, Carro ECOENEL coleta de materiais recicláveis e desconto na conta de luz.

Seja digital: Agendamento para obter Kit da TV Digital.

Lar Santa Catarina: Amor e acolhida! Exposição das artes dos usuários acolhidos.

Superintendência de Política para a Juventude (Governo do Estado): Corte de cabelo, Barbeiro, Manicure, Sobrancelha, Maquiagem, Oficina de Grafite.

Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia, Inovação e Desenvolvimento Social (Fundação Leão XIII): Projeto Novo Olhar, com isenção na emissão de 2ª via identidade, 2ª via de certidões de casamento, nascimento, óbito.

Detran: Emissão de documento de identidade.

Atendimento Jurídico - Maria Beatriz e Felipe (voluntários): Direito da família e outras orientações.

 

Sexta, 22 Setembro 2017 - 17:15

I Encontro da Liberdade acontece neste sábado

Evento reúne ciclistas e motociclistas nas ruas do Centro Histórico           

O I Encontro da Liberdade vai reunir ciclistas e motociclistas e acontece neste sábado (23.09) com concentração a partir das 14h, na Praça da Águia. A ação acontece dentro da programação da Semana Nacional de Trânsito e tem a intenção de chamar atenção para os altos índices de acidentes de trânsito de Petrópolis. Com previsão de saída às 15h, os grupos passarão pelas ruas do Centro Histórico. Para esse encontro haverá batedores da CPTrans para garantir a segurança dos ciclistas e da população nesse trajeto.

O percurso partirá da Praça da Águia em direção à Rua da Imperatriz, segue no lado par e retorna próximo ao Cefet seguindo pelo lado ímpar até a Praça da Inconfidência. De lá, elas seguem pelo lado par e entram, na altura do Obelisco para a Rua da Imperatriz, retornando em frente à Câmara dos Vereadores e seguindo pela Imperatriz até Rua Irmãos D’Ângelo, que dá acesso a 16 de Março. Ao fim da 16 de Março, sobem pela Nelson de Sá Earp até a Praça da Liberdade.

 

Ação chegou a 64 escolas da cidade envolvendo quase 10 mil pessoas, entre professores e alunos 

O encerramento da etapa escolar da campanha #QueimadaNão acontece na quarta-feira (27.09) na Escola Municipal Paulo Freire, no Centro. Os alunos vão plantar uma muda de árvore no colégio de manhã e outra na sede da Secretaria de Defesa Civil e Ações Voluntárias, vizinha ao colégio, durante a tarde. Desde o início da ação, as equipes já passaram por 64 escolas, sendo 12 particulares e o restante da rede municipal, envolvendo quase dez mil pessoas, entre alunos e professores. O objetivo do trabalho é conscientizar a população, em especial as crianças e os adolescentes, sobre os riscos das queimadas e da soltura de balões.

O trabalho é organizado pela Secretaria de Defesa Civil em parceria com a Secretaria de Educação e conta também com o apoio Superintendência de Esportes e Lazer da cidade. Em junho, a ação aconteceu nos clubes da cidade chegando a mais de 150 atletas. A Reserva Biológica Estadual de Araras (Rebio-Araras) doou as mudas de arvores que estão sendo plantadas nas escolas que recebem a campanha.

“O trabalho em conjunto tem o objetivo de garantir o futuro com menos ocorrências. Por isso, orientamos que os jovens levem o conceito das atividades para dentro de casa, para os cursos, conversem com os amigos e com a família. É importante que todos saiam da apresentação com a certeza que podem ajudar nesse trabalho para fazermos uma cidade mais segura”, explica o secretário de Defesa Civil e Ações Voluntárias, coronel Paulo Renato Vaz.

Segundo estudo divulgado pelo Centro de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais do Estado do Rio de Janeiro (Cemaden-RJ), 54% da área total da Posse é considerada de alto risco. Pedro do Rio aparece em segundo, com 36%. O trabalho realizado pela campanha teve foco nessas regiões, além de Cascatinha, tem 28% de sua área suscetível a incêndios florestais. “O estudo vai de encontro ao levantamento feito pelas nossas equipes junto à população, que indicou a maior incidência de incêndios florestais nessas mesmas áreas durante a elaboração do Plano Inverno 2017. Por isso nossa campanha teve como foco essas regiões”, explica Paulo Renato.

A campanha #QueimadaNão faz parte do Plano Inverno 2017 de Petrópolis, que orienta e traça um plano para o combate aos incêndios florestais que atingem a cidade no período de estiagem. O primeiro plano de contingência para a estação está disponível no site da prefeitura. 

Pagina 1 de 620

Notícias por data

« Setembro 2017 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
        1 2 3
4 5 6 7 8 9 10
11 12 13 14 15 16 17
18 19 20 21 22 23 24
25 26 27 28 29 30  

DO

loa 2018

plano-plurianual-final

iptu

iluminacao

balcao empregos

plano compras

portal transparencia

licitacao

Concursos

Casa dos Conselhos

Casa dos Conselhos

ecidade

cpge

selo acesso informacao.fw