Sábado, 31 Outubro 2015 - 11:06

Bomtempo entrega leitos da nova maternidade do Hospital Alcides Carneiro

“Aqui está melhor do que qualquer hospital particular. Lá fora a gente fica preocupado, pensando em como vai ser, mas quando chega aqui na maternidade vê que é bom mesmo”. Foi com essas palavras que o motorista Jesse de Almeida Souza, de 40 anos, que acompanhava a esposa Rosana Astine Ferreira de Souza, definiu a nova ala da maternidade do Hospital Alcides Carneiro (HAC), entregue na última quarta-feira (28/10) pelo prefeito Rubens Bomtempo. O prédio, com 28 leitos, faz parte da primeira grande reforma do hospital, que vai ganhar mais leitos de clínicas médica e cirúrgica e de alojamento na pediatria, totalizando 44 novos leitos.

A entrega da nova ala aconteceu em clima de festa e de muita emoção. “As mulheres serão recebidas em um lugar especial, dedicado a elas. Ao entrar nestes leitos, tenho a certeza de que estamos no caminho certo, trabalhando para dar espaço digno e atendimento de qualidade às pacientes”, disse o prefeito, ao lado da primeira dama e secretária Chefe de Gabinete, Luciane Bomtempo, que foi presidente do Conselho Municipal dos Diretos da Mulher (Comdim) e é presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA). “Fico emocionada ao ver este espaço pronto. É resultado de muito trabalho, muito empenho, muita dedicação de muita gente. Vi de perto todo o esforço do Rubens (Bomtempo), do André (Pombo, secretário de Saúde) e de toda a equipe do hospital, incluindo diretores e funcionários, para tornar este sonho realidade. Ver os primeiros leitos prontos, perceber a alegria das mulheres e de seus familiares entrando aqui, nos traz uma alegria indescritível”, ressaltou.

Com a entrega desta primeira etapa, 60% da obra do hospital está concluída. “Agora iniciamos a reforma dos outros leitos da maternidade. A expectativa é entregar a maternidade totalmente concluída em dezembro. Também estamos com intervenções na portaria e na pediatria. Além disso, outros espaços como as clínicas também passarão por reforma. A nossa prioridade foi começar pela maternidade, uma vez que desde o dia 31 de dezembro de 2012 o HAC passou a ser a única maternidade pública da cidade após o fechamento da Casa Providência. Desde então, a maternidade funcionava em duas alas e, com a obra, ela passa a funcionar em único local, com mais comodidade para as mães e organizando também o trabalho das equipes do hospital”, disse o prefeito.

A moradora de Madame Machado, Monalisa Figueiredo Martins, de 19 anos, também foi só elogios para a nova maternidade. “Estava na outra ala e quando me trouxeram para cá vi que tudo ficou lindo. Tudo bem diferente e muito melhor, mais amplo e arejado”, disse. As novas instalações também agradaram os funcionários da maternidade. “Amei tudo. Está parecendo um hospital particular. Estou torcendo para que a obra toda acabe logo”, comemorou a técnica de enfermagem, Angela Maria de Jesus, que trabalha na unidade há quatro anos.

A maternidade, que, após a reforma, passará a funcionar em uma única ala. A unidade também vai ganhar um elevador, consultórios, sala de exames, novos banheiros e unidade intermediária, além de um espaço para a gestante receber a medicação. Além da maternidade passarão por obras a clínica cirúrgica, pediatria, enfermaria da clínica médica e a portaria. Os projetos prevêem, além da troca do piso, pintura, revestimento e isolamentos.

Prestação de conta COVID-19

Alvará Online - BANNER

Casa dos Conselhos

DO

Cadastro da inscrição do IPTU para crédito da Nota Imperial

turispetro

iluminacao

balcao empregos

plano compras

portal transparencia

licitacao

Concursos

Casa dos Conselhos

ecidade

jrestaurativa

gabinete cidadania.fw

cpge

EOUVmunicipios

selo acesso_informacao.fw

Relatorio CMVP

cmv-logo